Oficina Bosch Car360
A mais completa da região!

Produtos e Serviços

Conheça alguns produtos e serviços à sua disposição em nossa oficina:

( Clique em cada item para abrir mais informações )

  • Alinhamento de direção
    • No alinhamento de direção ajusta-se a posição das rodas na suspensão, de maneira a assegurar a estabilidade do veículo, proporcionando conforto e segurança ao dirigir.
    • Esse serviço evita que o veículo 'puxe' o volante para um dos lados e evita também o prematuro desgaste dos pneus, trazendo economia ao proprietário.

  • Alinhamento Técnico
    • Com o desgaste natural nas peças da suspensão pode ocorrer um desequilíbrio no alinhamento do seu veículo. Outro fator causador desses desalinhamentos são os buracos da cidade e as colisões.
    • Essas situações levam à necessidade de se promover o alinhamento técnico, envolvendo alinhamento do chassi, repuxo de longarinas, correção de caster, de cambagem, convergência e divergência traseira, respeitando os padrões definidos por cada fabricante.

  • Amortecedores
    • Amortecedores
    • Os amortecedores de um veículo, além da função amortecimento, também garantem estabilidade, dirigibilidade e segurança. Eles são ítens importantes da suspensão e atuam como freio do movimento das molas. São eles os responsáveis por atenuar os impactos na carroceria e manter os pneus sempre em contato com o solo. Segundo o Manual do Proprietário do veículo, a troca é recomendada em media a cada 40.000 km. O Proprietario do veiculo pode verificar a cada 5.000 km se há vazamento de óleo nos amortecedores. Isso pode ocorrer por causa de fortes impactos, no caso de passar em um buraco em alta velocidade, por exemplo.
    • O vazamento de óleo, além de causar a perda de ação dos amortecedores, danifica outros componentes, como batente, coifas e molas. Rodar com o carro com os amortecedores em mas condições de uso, culmina em gasto maior com manutenção e em grande perigo aos usuários. Desgaste irregular e prematuro dos pneus, desconforto em terrenos acidentados, falta de estabilidade, barulhos e perda da eficiência do sistema de frenagem são estas as conseqüências mais comuns. Em veiculos que utilizam suspensão do tipo McPherson, se o amortecedor quebrar, a tendência é que a roda desprenda-se do veiculo, podendo ocasionar um grave acidente.

  • Arrefecimento
    • Arrefecimento é o sistema de controle da temperatura do motor do automóvel.
    • Nos motores modernos, a energia calorífica gerada pela combustão é aproveitada para o próprio desempenho, através de um controle mais preciso em cada condição de operação do veículo.
    • A variação de temperatura em motores gerenciados eletronicamente aciona a injeção de mais ou menos combustível do forma otimizada. Trabalhando na temperatura ideal, o motor terá maior vida útil, com menos atrito e desgaste, o que gera em economia de combustível e de manutenção, emitindo também um menor volume de poluentes.

  • Balanceamento de rodas
    • O alinhamento e o balanceamento das rodas tem importância direta na preservação dos pneus e na segurança dos ocupantes do veículo.
    • Um bom serviço deverá atentar aos melhores ajustes e utilizar o melhor equipamento, de modo a garantir a estrutura e segurança do veículo.

  • Bateria
    • A bateria é uma fonte de energia para o veículo. Complementando a função do alternador, que é o grande responsável pela geração de corrente elétrica necessária para todo o carro. A principal função da bateria é garantir a ignição, pois o alternador só é ativado quando o veículo já está em movimento. junto com o regulador de voltagem, avalia e regula a corrente elétrica produzida pelo alternador. As baterias fabricadas hoje em dia têm vida útil de três anos e não requerem manutenção.
    • Mesmo assim, é preciso tomar alguns cuidados. Se o regulador de voltagem ou mesmo o alternador apresentar algum problema, a bateria pode perder carga e ser inutilizada. Portanto, ao menor sinal de alguma pane elétrica, leve o veículo para uma avaliação mais detalhada em uma oficina. Bateria descarregada é sinônimo de carro parado, pois você não vai conseguir dar a partida no veículo. Em casos extremos, o mau funcionamento do alternador pode causar sobrecarga na bateria, fazendo com que ela perca eletrólito – líquido existente dentro da bateria. Isso pode produzir faíscas dentro na bateria, e até ocasionar uma explosão. A falha de sistemas eletrônicos integrados, como alarme e dispositivos antifurto, é uma outra conseqüência do mau funcionamento da bateria. Sem energia, nenhum deles funciona.

  • Embreagem
    • O que pode prejudicar sua embreagem? São diversas situações que originam problemas na embreagem, devido particularmente ao uso inadequado pelo motorista. Vejam quais os pontos de maior incidência, assim como algumas dicas que ajudarão a melhorar a utilização e a vida útil da embreagem:

      • Utilize o pedal da embreagem somente no momento da troca de marcha; pois quando o motorista descansa o pé sobre o pedal, provoca um aquecimento do sistema e um desgaste prematuro dos componentes
      • Nunca segure o veículo numa rampa utilizando a embreagem como freio; este hábito causa um desgaste excessivo do disco. Nestas situações, utilize sempre o freio do veículo
      • Não ultrapasse a capacidade de carga especificada pelo fabricante do veículo, porque afetará o funcionamento da embreagem e diminuirá a vida útil da mesma
      • Evite arrancadas bruscas, para não forçar todo o sistema e desgaste prematuro dos componentes
      • Nunca saia com o veículo em segunda marcha;
      • Evite reduções bruscas de velocidade, freando ou desacelerando subitamente o motor.

  • Escapamento
    • Escapamentos

      Manutenção Preventiva:
      Se o veículo possuir catalisador, evite fazê-lo pegar no tranco. O combustível ainda não queimado pode se alojar no interior do equipamento, o que aumenta o risco de superaquecimento do motor.

       


  • Filtros
    • Um veículo é dotado de quatro filtros de extrema importância para o funcionamento de todo o sistema. São eles: filtro de óleo, combustível, ar e cabine (independente de haver ar-condicionado). Eles têm a função de filtrar impurezas como poeira, ferrugem, partículas metálicas e gases tóxicos, entre outros inúmeros resíduos que podem afetar os sistemas que protegem, além do motorista e dos passageiros.
    • Fabricantes recomendam seguir as instruções do Manual do Proprietário do veículo, que indica o tempo e quilometragem para a troca destes componentes. Esse prazo pode variar conforme as condições de utilização do veículo, por exemplo, em ambientes de muita poluição e poeira ou situações que demandem maior desgaste do motor. Se houver uso excessivo da marcha lenta, a troca deverá ser antecipada, pois o filtro estará sujo antes do tempo recomendado.
    • Por isso, a Manutenção Preventiva baseada em um check-up regular das peças é a maneira indicada e mais eficaz para todos os componentes do veículo. A falta de Manutenção Preventiva e a substituição dos filtros provocam aumento de consumo de combustível e desgaste prematuro de inúmeras peças do motor, como o pistão, por exemplo, que pode ser danificado por uma pedrinha que passe pelo filtro de ar desgastado e entre na câmera de combustão do carro.
    • Neste caso, uma troca de filtro de menos é muito mais barata que a retífica ou a troca de peças mais caras do propulsor. Além disso, veículos com filtros de combustível, óleo e ar de motor vencidos poluem mais. Outro filtro muito importante para a saúde do condutor do carro é o de cabine. Ele é responsável pela filtragem das impurezas e tóxicos do ar que entram no carro.

  • Injeção eletrônica
    • Consistindo num mecanismo de alimentação de combustível e gerenciamento eletrônico do motor, a injeção eletrônico ajuda a reduzir a emissão de gases poluentes.
    • Seu funcionamento possibilita um melhor controle da mistura de ar/combustível que vai para o motor, o que proporciona economia de combustível e melhor desempenho.
    • Tecnicamente, diversos sensores instalados em pontos estratégicos do motor enviam informações para a central de controle que, com base nessas e em outras informações aciona os componentes do motor da maneira mais eficiente. Esse processo se repete várias vezes por minuto, mantendo sempre o motor em seu máximo desempenho.

  • Inspeção veicular
    • Antes de levar seu veículo ao procedimento de Inspeção Veicular, é necessário fazer uma pré-inspeção em uma oficina capacitada.
      Veja a seguir a lista de itens a verificar, fornecida pela Controlar, empresa atualmente encarregada da Inspeção na cidade de São Paulo:

    • Ausência ou defeito na haste/ amortecedor do capô;
    • Dificuldade ou impedimento em bascular o veículo;
    • Freio pneumático ou hidráulico, a disco ou a tambor inoperantes ou deficientes;
    • Ausência da grade dianteira do motor abaixo do capô com a ventoinha do sistema de arrefecimento aparente;
    • Freio de mão inoperante e/ ou veículo automático com motor acelerado e freio de mão deficiente;
    • Tampa do reservatório de arrefecimento rachado ou danificado;
    • Fita isolante ou qualquer outro artifício não original que utilize para evitar a verificação do sistema de admissão;
    • Sistema de admissão original faltando componentes ou com conexões irregulares;
    • Sistema de admissão com filtro de ar esportivo com conexões irregulares;
    • Escapamentos reparados com qualquer tipo de massa;
    • Funcionamento irregular do motor;
    • Emissão de fumaça branco-azulada ou fumaça preta visivelmente muito intensa;
    • Violação de lacres do sistema de alimentação;
    • Vazamentos aparentes de fluidos (gotejamento de óleo, combustível, água, outros fluídos);
    • Alterações, avarias ou estado avançado de deterioração no sistema de escapamento (corrosão excessiva, furos não originais, falta de componentes), que causem vazamentos ou entradas falsas de ar ou aumento do nível de ruído;
    • Alterações, avarias ou estado avançado de deterioração no sistema de admissão de ar, que causem vazamentos ou entradas falsas de ar ou aumento do nível de ruído;
    • Insuficiência de combustível para a realização da medição de emissão;
    • Nível de óleo lubrificante abaixo ou acima do limite especificado;
    • Ausência de vareta medidora de óleo lubrificante;

  • Lubrificante
    • O lubrificante indicado para o motor garante sua função de lubrificação, entretanto sofre desgaste durante seu trabalho e deve ser substituído conforme indicado no manual do veiculo:

    • Substitua os filtros de óleo.
    • Nos intervalos entre trocas não esqueça de verificar sempre o nível de óleo, completando quando necessário com um aditivo para o óleo adequado, restabelecendo as propriedades do lubrificante.
    • Assim o motor tem tudo para estar sempre limpo e perfeitamente lubrificado.


  • Pneus
    • Pneus
    • Os pneus têm grande responsabilidade no conforto ao dirigir. A sua vida útil é estimada em aproximadamente 100.000 km, se usado corretamente. Cuidar dos pneus requer uma certa disciplina.
    • A calibragem, conforme indicação do Manual do Proprietário, deve ser feita a cada 15 dias, sempre pela manhã, com os pneus ainda frios.
    • Alinhamento e balanceamento são recomendáveis a cada três meses, na troca ou reparo dos pneus ou se ocarro apresentar trepidações no volante.
    • Outro fator altamente recomendável é o rodízio dos pneus a cada 5.000 km.
    • Além de prolongar a vida útil dos pneumáticos, essas medidas garantem melhor dirigibilidade e evitam que peças da suspensão não se desgastem prematuramente.
    • Pneus “carecas” representam grande risco ao motorista. Comprometem a frenagem correta, não garantem a estabilidade nas curvas e, em pisos molhados, o risco de acontecer uma aquaplanagem torna-se praticamente inevitável.
    • Também a probabilidade de o pneumático furar quando está desgastado é extremamente maior. Neste caso, um furo ou estouro com o veículo em movimento pode significar um grave acidente, comprometendo a sua vida e de sua família, sem contar a vida de pedestres e terceiros, que nada têm a ver com os cuidados que você toma com o seu veículo.
    • Pense nisso.


  • Regulagem de farol
    • Faróis desregulados ou desalinhados atrapalham tanto a visão do condutor do veículo quanto dos motoristas que trafegam em sentido contrário.

      No limite, pode até causar acidente de trânsito, e por essa razão sujeita o proprietário do veículo a multa, perda de pontos na carteira e até retenção do veículo para regularização.

      Com isso, é mais do que recomendável manter sempre seus faróis bem regulados, utilizando os serviços de oficinas que mantenham equipamentos apropriados para essa finalidade.

      Veja o que pode ocasionar desalinhamento ou desregulagem dos faróis:

    • colisões de pequeno porte
    • trafegar constantemente em estradas esburacadas
    • transitar em estradas de terra e locais úmidos

  • Serviço de motor
    • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Duis ut ligula vitae eros iaculis adipiscing eget vehicula enim. Aliquam at felis sed tortor tristique lobortis. Proin ligula lacus, molestie et enim non, cursus auctor ante. Nulla a nisi adipiscing, laoreet dolor pharetra, varius diam. Nunc non suscipit eros. Cras ac lacus molestie, malesuada ipsum placerat, dignissim augue. Cras at nulla dolor. Phasellus fermentum commodo erat.
    • Nullam venenatis blandit leo, viverra pharetra orci congue vitae. Etiam tincidunt sapien ac tellus dictum, sagittis placerat erat rutrum. Maecenas metus magna, mollis ac velit quis, tempus ultricies lacus. Vestibulum ante ipsum primis in faucibus orci luctus et ultrices posuere cubilia Curae; Vestibulum convallis condimentum quam, viverra aliquam dolor euismod a. Mauris porta nisl eu augue rutrum aliquet. Curabitur pharetra lacus leo, nec consequat metus vestibulum eu. Nulla in justo a mauris dictum semper. Sed dui ante, luctus eget tristique id, euismod eleifend lacus.

  • Sistema de freio
    • A atenção deve ser redobrada com a Manutenção Preventiva. Ele é composto por cabos e cilindros, mas as peças mais importantes são as que atuam efetivamente na frenagem do carro: discos, pastilhas e tambor. Estes componentes agem diretamente na roda do automóvel e fazem o carro parar quando se pisa no pedal.

      • Geralmente, discos e pastilhas ficam localizados na parte dianteira, e são responsáveis por cerca de 70% a 80% da eficiência do freio de um carro. Esse conjunto tem melhor performance, pois dissipa melhor o calor e a água, além de ter manutenção mais simples.
      • Já o conjunto tambor / lona fica alojado na roda traseira. A revisão periódica em oficinas é recomendável a cada 5.000 km. Mas antes disso, dependendo da utilização do veículo, o sistema pode apresentar algum problema. São eles: vibração e desvio de rota na hora de frear, curso muito longo da alavanca de freio de mão, altura do pedal (baixa e alta) e constantes barulhos quando se pisa no freio.
      • Outro componente a ser avaliado é o fluido do freio; como ele absorve a umidade do ambiente, sua vida útil é de cerca de um ano ou 10.000 km. Passando disso, o fluído já estará com uma parcela significativa de água, diminuindo sua eficiência no acionamento dos freios. A falta de fluido pode ocasionar a perda completa dos freios. O desgaste do sistema de freio e a falta de Manutenção Preventiva são garantias certas de graves problemas.

  • Suspensão e direção
    • Suspensão é um conjunto de peças que adequa a transmissão de energia da excitação de base (uma lombada, por exemplo) e a capacidade de aderência do veículo ao solo. É feito por um conjunto de mola e amortecedor. O conjunto suspensão pode ser considerado como um filtro mecânico, pois pode permitir ou rejeitar faixas de freqüências do espectro da excitação do solo. Por isso, carros fora de estrada e urbanos possuem características díspares quanto ao desempenho. É pertinente ressaltar que o primeiro, em geral, possui exigências maiores quanto às solicitações mecânicas, tornando o projeto de suspensão mais restritivo.
    • Há molas de vários tipos: de feixe e a ar, que são utilizadas geralmente em caminhões; mola em espiral, usada tanto na suspensão dianteira como traseira; e mista - espiral na frente e feixe atrás. E ainda o tipo de torção, constituído por uma barra de torção ou um feixe de lâminas, que absorvem os impactos deformando-se. Estas barras de torção são encontradas na suspensão traseira dos VW Fusca e VW Kombi, entre outros veículos.
    • A suspensão, portanto, é um sistema presente em veículos que é responsável por absover as irregularidades do terreno e manter todas as rodas no chão. O sistema de suspensão absorve, por meio dos seus componentes, todas as irregularidades do solo e também é responsável pela estabilidade do automóvel.

  • Troca de óleo
    • A troca de óleo desempenha papel fundamental na vida útil do motor de seu veículo.

      A falta de lubrificação adequada pode trazer desde problemas menores, como redução de desempenho e aumento do consumo de combustível, como problemas enormes, como o famoso "motor fundido" que, por si só, pode representar um gasto de metade do valor do veículo.

      A troca deve obedecer à quilometragem definida pelo fabricante, devendo ser antecipada em casos de uso chamado 'severo', como:

    • lentidão constante em engarrafamentos
    • estradas com muita poeira, barro ou lama
    • quando o veículo roda menos de 5km por viagem

 

© 2013 Car360 - Todos os direitos reservados
Telefones: (11) 2216-1220 / 2115-9327
Av. Vila Ema, nº. 3275 - Vila Ema - São Paulo - SP
E-mail: contato@car360.com.br

Desenvolvimento: Netbit Internet